Mato Grosso do Sul, Segunda-feira 19 de novembro de 2018

Atlético-PR faz 2 a 0 no Fluminense e fica perto da decisão da Sul-Americana

Furacão pode perder no Maracanã por um gol de diferença que garante lugar na decisão contra colombiano

Gazeta MS Por Rogério Vidmantas - 08/11/2018 09h34

Vitória na Baixada deu ao Atlético-PR possibilidade de avançar até com derrota por um gol no RJ (Foto: Miguel Locatelli/CAP) Vitória na Baixada deu ao Atlético-PR possibilidade de avançar até com derrota por um gol no RJ (Foto: Miguel Locatelli/CAP)

A disputa por um lugar na decisão da Copa Sul-Americana começou melhor para o Atlético-PR. Nesta quarta-feira (7), o Furacão fez 2 a 0 no Fluminense e abriu boa vantagem para a partida de volta, dia 28, no Rio de Janeiro. Renan Lodi, no primeiro tempo, e Rony, no segundo, marcaram os gols que deixaram a vaga com os paranaenses, mesmo que percam a volta por um gol de diferença ou até por dois, caso marquem no Maracanã. O Flu precisa abrir três de vantagem ou devolver o placar para levar a disputa para os pênaltis.

A partida na Arena da Baixada foi movimentada desde o início. Logo aos três minutos, Pablo, de cabeça, obrigou Júlio César a fazer boa defesa, levantando a torcida. Quando o Fluminense conseguia chegar ao ataque, era a vez de Santos brilhar. Aos 11 minutos, após uma cobrança de escanteio, o goleiro rubro-negro fez duas defesas espetaculares, em cabeçadas de Gum e Luciano. Pouco depois, o Caldeirão explodiu com o primeiro gol. Aos 19, Renan Lodi aproveitou um cruzamento da direita e bateu forte. A bola explodiu na zaga e voltou para o próprio Renan, que repetiu o chute, acertando a trave antes de entrar.

Empurrado pela torcida, o Atlético cresceu no jogo e teve chance de ampliar. A principal delas aos 40 minutos. Na entrada da área, Lucho González pegou de primeira passe de Nikão, Júlio César desviou, a bola bateu no travessão e, na volta, Marcelo Cirilo, desequilibrado, mandou para fora.

Na volta do intervalo o Tricolor estava melhor e pressionou em busca do empate, inclusive com uma série de escanteios que a zaga atleticana afastava como podia. Aos poucos, o time da casa equilibrou as ações e voltou a levar perigo. Aos 28 minutos, Marcelo Cirilo recebeu pela esquerda e acertou o travessão de Júlio César, batido no lance. Quatro minutos depois o gol saiu. Renan Lodi, da esquerda, cruzou na área e Rony, por trás da zaga, cabeceou sem chances para o goleiro, decretando o placar final de 2 a 0 para os rubro-negros.

Colombianos

Do outro lado da semifinal, dois times da Colômbia. Santa Fé e Junior Barranquilla fazem nesta quinta (8) a partida de ida no Estádio El Campín. A volta acontece no dia 29, em Barranquilla.

Envie seu Comentário