Mato Grosso do Sul, Sábado 20 de outubro de 2018

Palmeiras vence São Paulo e assume liderança isolada do Brasileirão

Gustavo Gómez e Deyverson marcaram os gols da primeira vitória verde no Morumbi após 16 anos de jejum

Gazeta MS Por Rogério Vidmantas - 07/10/2018 08h36

Lucas Lima volta a jogar bem e comanda vitória verde no Morumbi (Foto: Agência Palmeiras) Lucas Lima volta a jogar bem e comanda vitória verde no Morumbi (Foto: Agência Palmeiras)

O Palmeiras chegou à liderança do Campeonato Brasileiro na rodada passada junto com o Internacional e, nessa 28ª, tomou a primeira posição apenas para si. Neste sábado (6), o Verdão venceu o São Paulo no Morumbi por 2 a 0, resultado que não conquistava desde 2002, e abriu vantagem sobre os demais concorrentes pelo título do Brasileirão. Gustavo Gómez e Deyverson marcaram os gols da vitória verde na primeira "decisão" desta reta final de competição. Agora, restam seis confrontos entre os cinco melhores colocados.

A disputa entre os três primeiros foi totalmente favorável ao Palmeiras, já que na abertura da rodada o Internacional levou virada do Sport-PE, perdendo por 2 a 1. Além disso, com a vitória, o líder aumentou sua série invicta no Campeonato Brasileiro para 13 jogos. A sequência contempla nove vitórias (Paraná Clube, Vasco da Gama, Vitória, Botafogo, Chapecoense, Atlético-PR, Corinthians, Sport, Cruzeiro e São Paulo) e três empates (América-MG, Internacional e Bahia). A última vez que o time ficou sem perder por tantas partidas na campanha do título de 2016, com 15 jogos.

O jogo

O Estádio do Morumbi estava lotado, com mais de 57 mil torcedores tricolores empurrando o São Paulo que até teve maior posse de bola no início, mas sem assustar o goleiro Weverton, mas a primeira chance real foi verde. Aos nove minutos, Sidão errou na reposição de bola e Deyverson aproveitou para finalizar. O goleiro desviou o chute com as mãos, fora da área. A arbitragem, porém, não percebendo a irregularidade, deixou o lance seguir.

Aos poucos o Palmeiras passou a jogar mais no ataque e essa superioridade fez o placar do jogo em quatro minutos. Aos 33, Deyverson recebeu de Mayke na área e, no cruzamento, foi travado pelo zagueiro. Dudu cobrou o escanteio pela direita e Gustavo Gómez, livre no meio da área, cabeceou sem chances para Sidão, abrindo o placar. O Tricolor tentou pressionar para buscar o empate, mas abriu espaços para um contra-ataque mortal aos 37 minutos. Nenê cobrou escanteio e Weverton socou a bola na área verde. Mayke recebeu e atravessou o campo e, no ataque, rolou para Dudu. O atacante bateu cruzado e acertou a trave. Na volta, Mayke apareceu de novo para cruzar para Deyverson, de cabeça, fazer o segundo gol do jogo.

Com a vantagem, o Palmeiras voltou do intervalo disposto a administrar o placar e, com o ataque pouco inspirado do São Paulo, conseguiu. A melhor chance verde foi aos 34 com Willian, que entrara pouco antes. O camisa 29 recebeu livre na área e bateu firme, para boa defesa de Sidão com os pés. O troco tricolor foi aos 36. Após cobrança de lateral na área, Tréllez conseguiu o domínio e tocou para Rojas. O equatoriano chutou para grande defesa de Weverton, garantindo o placar final de 2 a 0.

Classificação

Ainda no sábado, a Chapecoense-SC venceu o Atlético-MG por 1 a 0, gol de Doffo aos 48 minutos do segundo tempo. Em Curitiba, o Atlético-PR goleou o América-MG por 4 a 0, gols de Marcelo Cirilo, Raphael Veiga, Nikão e Pablo. Em Porto Alegre o Grêmio perdeu a chance de pular para vice-liderança ao empatar com o Bahia-BA em 2 a 2. Os visitantes abriram vantagem com dois gols de Elber. Quase no fim, Tricolor empatou com gols de Juninho Capixaba e Jael, mas a virada não veio.

Na classificação, o Palmeiras abriu pequena vantagem, mas a disputa segue equilibrada. O Verdão lidera com 56 pontos, seguido pelo Inter com 53, Flamengo e São Paulo, ambos com 52 e o Grêmio com 51. Na zona de rebaixamento estão, na ordem, Vasco, Vitória-BA, Sport e o lanterna Paraná Clube-PR.

Envie seu Comentário