Mato Grosso do Sul, Sábado 19 de janeiro de 2019
 
 

Glaubes Caldas será técnico do Costa Rica no Estadual 2019

CREC trabalha na montagem do elenco que se apresenta no dia 2 de janeiro

Gazeta MS Por Rogério Vidmantas - 08/12/2018 09h28

Glauber esteve nas últimas duas temporadas na Comissão Técnica do Vila Nova (Foto: Divulgação) Glauber esteve nas últimas duas temporadas na Comissão Técnica do Vila Nova (Foto: Divulgação)

O Costa Rica EC é mais um time do Campeonato Estadual a definir treinador para a próxima temporada. O clube do nordeste do Estado aposta em uma novidade e confirmou o nome de Glauber Caldas para comandar o time. O elenco deve se apresentar no dia 2 de janeiro para uma rápida pré-temporada antes da estreia no dia 19, contra o ABC, em Campo Grande. Agora, apenas Novo FC, Águia Negra e Comercial ainda não confirmaram treinadores.

Campo-grandense de 32 anos, Glauber tem vasta formação teórica e prática em categorias de base. É formado pela Universidade Estadual de Londrina-PR e pós-graduado pela Universidade Federal de Viçosa-MG e um dos poucos com Licença Nível A da CBF/FIFA para treinadores de futebol profissional.

Como auxiliar técnico, Glauber trabalhou no Novorizontino entre 2014 e 2016, com o clube saindo da Série A3 até o Paulistão. Depois foi para o Vila Nova-GO, disputando Campeonato Goiano, Copa do Brasil e Série B do Campeonato Brasileiro nas duas últimas temporadas. Antes do CREC, o técnico chegou a ser sondado pela dupla Comerário. "No Operário houve uma conversa para ser auxiliar e analista de desempenho, mas sem uma proposta oficial. Depois conversei com um diretor do Comercial que fez uma proposta, mas o presidente não se posicionou, até porque ainda estão no processo de planejamento, inclusive financeiro. Aí pedi licença para negociar com o Costa Rica", explicou.

Antes de confirmar o acerto com o novo clube, Glauber esteve na cidade de Costa Rica, o que facilitou o sim. "Gostei muito da estrutura oferecida e das pessoas que gerem a cidade. Agora estamos trabalhando na montagem do elenco. Teremos alguns jogadores que já trabalharam comigo nestes 11 anos entre base e profissional, estamos acertando alguns empréstimos. Estou mergulhado neste processo para que dê tudo certo", define.

 

Envie seu Comentário