Mato Grosso do Sul, Segunda-feira 19 de novembro de 2018
 
 
  • Ficha técnica
  • História
  • Títulos

Nome: Ubiratan Esporte Clube
Alcunha: Leão da fronteira
Mascote: Leão
Fundação: 5 de fevereiro de 1947
Estádio: Fredis Saldivar (Douradão)
Capacidade: 30.000
Localização: Dourados, MS
Presidente: Joaquim Soares
Treinador: Douglas Ricardo Competição: Campeonato Sul-Mato-Grossense

Fonte: Wikipédia

Ubiratan Esporte Clube é um clube brasileiro de futebol, sediado na cidade de Dourados, no estado de Mato Grosso do Sul. Foi fundado em 5 de fevereiro de 1947. Seu uniforme é composto de camisa preta com detalhes amarelos, calção preto e meias pretas.

Manda seus jogos no Estádio Fredis Saldivar, em Dourados, com capacidade para 30 mil pessoas.

Foi campeão estadual nos anos de 1990, 1998 e 1999, quando o Leão da fronteira era presidido pelo deputado e empresário Roberto Razuk. Nos anos de 1988 e 2000 foi vice-campeão. Já disputou alguns campeonatos a nível nacional: Campeonato Brasileiro Série C, Copa do Brasil e Copa Centro-Oeste.

Depois de permanecer afastado do futebol profissional, o clube retorna para a disputa da Segunda Divisão estadual em 2013.E foi Campeão Estadual da Série B de 2013

Publicações sobre o clube

Ubiratan confirma saída da Série B e deve sofrer punição

Clube alega indisponibilidade do Estádio Douradão para não disputar a Segundona MS

Ubiratan pode desistir de Série B sem o Douradão

O esperado retorno do Ubiratan EC ao futebol profissional deve ser mais uma vez adiado. Com a liberação do...

Estádios de Maracaju e Coxim são liberados pelo MPE para Série B

Federação espera aval também para os estádios de Aquidauana e Costa Rica

Federação adia início da Segundona MS em uma semana

Seis times já teriam entregue documentos ao MPE que ainda não respondeu

Federação aguarda estádios, mas confirma Série B MS

Coxim, Aquidauana, Maracaju e Campo Grande devem ter estádios liberados nos próximos dias

Federação reúne clubes para discutir Série B Estadual

Entre os times afastados, Aquidauanense e Ubiratan sinalizam retorno, enquanto Cene é incógnita

1