Mato Grosso do Sul, Sábado 15 de dezembro de 2018

Atleta deixa Sete Quedas para trás e surge como promessa nacional

Ciclista de 21 anos já chegou a ser convocado para seleção sub-23

Fonte: Jornal O Estado MS


Sul-mato-grossense posa para foto em Pan-Americano disputado no México Divulgação/Ironage Sul-mato-grossense posa para foto em Pan-Americano disputado no México Divulgação/Ironage

A carreira do ciclista João Marcelo Gaspar, 21 anos, engrenou ao resolver deixar a cidade natal, Sete Quedas, a 515 km de Campo Grande, para ir treinar no interior de São Paulo. Desde o início do ano na equipe Ironage/ Colner/Penks de Sorocaba-SP, Gaspar passou a disputar os principais campeonatos e também colecionar bons resultados. No GP São Paulo Internacional, realizado há duas semanas no autódromo de Interlagos, o sul-mato-grossense terminou em segundo lugar na prova da elite masculina. João Gaspar é o atual campeão brasileiro de estrada na categoria sub-23 e já foi convocado para a seleção brasileira de base. A sua história no ciclismo é marcada pela força de vontade. Antes de se tornar ciclista profissional, ele trabalhava em uma loja de bicicleta em Sete Quedas. O contato com a “bike” despertou-lhe a vontade de pedalar. Como na cidade não há equipe teve que ir a Ponta Porã, cidade a 205 km de Sete Quedas, para começar a competir em etapas do Estadual

Persistência fez atleta tentar a carreira no interior paulista

O objetivo de seguir carreira o levou ao interior de São Paulo. Foi para Presidente Prudente-SP e começou a treinar na equipe da cidadepor conta própria. Passou a disputar campeonatos e logo foi convidado para fazer parte do time de Assis-SP, equipe onde ficou até o ano passado. João Gaspar chegou ao time de Sorocaba depois do fim da equipe da Real Cycling. Ele a sua equipe vêm surpreendendo na atual temporada com resultados expressivos, como o quarto lugar conquistado na Copa da República – umadas mais tradicionais provas do ciclismo brasileiro. Para o sul-mato-grossense, muito da boa fase se deve a chegada à nova equipe. “Este ano está sendo de conquistas. Os resultados estão surgindo. Muito disso se deve por eu estar em uma equipe de ponta e de maior estrutura. O ciclismo não é um esporte individual, existe um trabalho em equipe. O grupo está sendo fundamental para tudo isso”, aponta.

João Gaspar se prepara em Campos de Jordão de olho no Tour do Rio

João Gaspar e mais seis ciclistas estão em Campos do Jordão-SP treinando para o Desafio do Tour do Rio, que acontece no fim de agosto. A mudança de local é para que os atletas possam se habituar com as subidas e descidas em percurso realizado em serra, cenário a ser encontrado durante o Tour. Segundo o atleta, para se acostumar com a rotina pesada da competição durante um mês de treinamento, o grupo treina em média seis horas e percorre mais de 300 mil km por dia. “Os treinos estão sendo duros devido a serra, mas é onde decide o Tour. Temos de nos prepararmos mais para repetirmos o feito do ano passado, quando a antiga equipe (Real Cycling) ficou com o título”. O Tour do Rio acontece de 28 de agosto a 1º de setembro. Neste ano, a prova será dividida em cinco etapas e passará por Angras dos Reis, Três Rios, Teresópolis, Rio das Ostras e Rio de Janeiro-RJ com percurso de 783 km. Além dos brasileiros, o desafio contará com atletas da Itália, Espanha, Estados Unidos, Ruanda, Chile, Equador e Colômbia e será válida para os rankings nacional e internacional, pois o evento é chancelado pela UCI (União Ciclística Internacional). (BA)


Saiba Mais
comments powered by Disqus

Publicidade