Douradenses brilham nos Jogos Universitários Paralimpicos - Gazeta, paixão pelo esporte do nosso MS
Mato Grosso do Sul, Sábado 18 de agosto de 2018

Douradenses brilham nos Jogos Universitários Paralimpicos

Joane Pedroso foi a grande destaque após ela conquistar a medalha de ouro nos 400m e 1500m e a prata nos 100 metros

Waldemar Gonçalves - 15/05/2018 08h43

Joane Pedroso conquistou índices para futuras provas nacionais e internacionais (Foto/ Divulgação) Joane Pedroso conquistou índices para futuras provas nacionais e internacionais (Foto/ Divulgação)

Encerraram-se na sexta-feira última em São Paulo, os Jogos Paralímpicos Universitários e Dourados com três paratletas marcou presença na delegação de Mato Grosso do Sul neste evento que foi a terceira edição realizada no Centro de Treinamento Paralímpico da capital paulista.

Ao todo, 292 atletas de cerca de 200 instituições de ensino, de 24 Estados e também do Distrito Federal, participaram de uma dos maiores eventos paralímpicos do país.

A competição recém encerrada foi uma realização do Comitê Paralímpico Brasileiro em conjunto com a CBDU (Confederação Brasileira de Desporte Universitário).

Pelo Mato Grosso do Sul participaram dos Jogos Paralímpicos Universitários, os alunos douradenses que fazem parte do Projeto Dourados Paralímpico que é mantido pela Prefeitura Municipal por meio da FUNED (Fundação de Esporte de Dourados), sendo eles, Joane Pedroso de Oliveira Correa, da Anhanguera, Alexandre Torresani da Costa, da UEMS e Maicon Luiz de Paula Cusinato da UNIGRAN.

De acordo com informações de Antônio Pietramale, o "Toninho Pietramale", Joane Pedroso foi a grande destaque após ela conquistar a medalha de ouro nos 400m e 1500m e a prata nos 100 metros.

FALTA DE APOIO

Além das medalhas, Joane Pedroso com os resultados conquistou também o índice nos 1500 metros para os futuros eventos nacionais que serão realizados pelo CPB (Comitê Brasileiro Paralímpico) bem como ela se classificou para os Jogos Universitários Panamericanos que será realizado em julho próximo.

Para "Toninho Pietramale" a falta de interesse das universidades, em especial no Mato Grosso do Sul, em valorizar estas pessoas que apesar da deficiência se superam para fazer uma faculdade, é muito triste, pois segundo ele, não houve qualquer tipo de apoio das entidades para o treinamento e participação no evento.

Os paratletas universitários contaram com o apoio do Governo do Estado por meio da FUNDESPORTE (Fundação de Desporto e Lazer do Mato Grosso do Sul) que cedeu o transporte para toda a delegação do MS.

Acompanharam os paratletas além de Antônio Pietramale, o também profissional em educação física Everson Pereira.

Confira no final da página: arquivo com mais de 10 mil fotos do esporte douradense

Envie seu Comentário

 

Arquivo: Mais de 10 mil fotos do Esporte Douradense

 
 
 

2010-2015 © Gazeta MS - Todos os direitos reservados.