Mato Grosso do Sul, Quinta-feira 21 de março de 2019
 
 

Estádio Morenão deve ser liberado até dia 10, diz Federação

Nesta semana foram feitas vistórias após adequações e laudos devem ser entregues ao MPE na segunda-feira

Gazeta MS Por Rogério Vidmantas - 05/01/2019 09h11

Setor das arquibancadas que deve ser liberado, espaço para quase 10 mil torcedores (Foto: Anderson Ramos/Capital News) Setor das arquibancadas que deve ser liberado, espaço para quase 10 mil torcedores (Foto: Anderson Ramos/Capital News)

O Estádio Morenão está perto de ser liberado para os jogos do Campeonato Estadual e da Copa do Brasil. Nesta semana, foram feitas as vistorias necessárias e os laudos obrigatórios devem ser emitidos até segunda-feira (7) e serem entregues ao Ministério Público Estadual (MPE). Apesar do promotor responsável ter até 30 dias para responder, a autorização pode ser publicada ainda na próxima semana.

Pelo menos essa é a expectativa da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS), que tomou a frente mais uma vez no processo. Entre outras obras, foram melhoradas instalações dos vestiários, tanto de atletas como da arbitragem, arquibancadas receberam adequações no sistema de segurança ao público, como facilidades no acesso e nas saídas de emergência, instalação de guarda-corpo ao redor do estádio, adequação da plataforma que dá acesso aos veículos ao campo, além de cuidados com o gramado.

Em contra partida, a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (FFMS) irá cobrar taxa de R$ 600 por jogo, redução de quase 80% do valor praticado até então. O presidente Francisco Cezário acompanhou os trabalhos e está otimista quanto à liberação nos próximos dias. "Vamos receber todos os laudos na próxima segunda-feira até às 13h e no mesmo dia serão encaminhados para o promotor público. Tudo planejado para dia 9 ou 10 estarmos 100% com o Morenão", disse o dirigente.

Excesso de jogos

O Estádio Jacques da Luz, que é opção para jogos do Novo FC e ABC, está liberado até o fim de janeiro, e, à partir daí, caso não sejam emitidos novos laudos, o Morenão pode ter que receber os jogos dos quatro clubes de Campo Grande, em média dois jogos por rodada. Comercial e Operário FC tem o Pedro Pedrossian como primeira opção.

O Galo, além do Estadual, ainda joga pela primeira fase da Copa do Brasil em fevereiro contra o Botafogo-PB. Segundo a diretoria do clube, assim que o estádio estiver apto, irá solicitar que seus jogos, ainda sem local definido, sejam indicados para o Morenão.

O Campeonato Estadual começa no dia 19 de janeiro e, liberado, o Morenão deve receber a partida entre Comercial e SERC, enquanto ABC e Costa Rica jogam no Jacques da Luz. No dia seguinte, Operário e Corumbaense jogam no Morenão e o Novo recebe o Urso no Jacques da Luz.

 

Envie seu Comentário