Mato Grosso do Sul, Quinta-feira 21 de março de 2019
 
 

Glaubes Caldas será técnico do Costa Rica no Estadual 2019

CREC trabalha na montagem do elenco que se apresenta no dia 2 de janeiro

Gazeta MS Por Rogério Vidmantas - 08/12/2018 09h28

Glauber esteve nas últimas duas temporadas na Comissão Técnica do Vila Nova (Foto: Divulgação) Glauber esteve nas últimas duas temporadas na Comissão Técnica do Vila Nova (Foto: Divulgação)

O Costa Rica EC é mais um time do Campeonato Estadual a definir treinador para a próxima temporada. O clube do nordeste do Estado aposta em uma novidade e confirmou o nome de Glauber Caldas para comandar o time. O elenco deve se apresentar no dia 2 de janeiro para uma rápida pré-temporada antes da estreia no dia 19, contra o ABC, em Campo Grande. Agora, apenas Novo FC, Águia Negra e Comercial ainda não confirmaram treinadores.

Campo-grandense de 32 anos, Glauber tem vasta formação teórica e prática em categorias de base. É formado pela Universidade Estadual de Londrina-PR e pós-graduado pela Universidade Federal de Viçosa-MG e um dos poucos com Licença Nível A da CBF/FIFA para treinadores de futebol profissional.

Como auxiliar técnico, Glauber trabalhou no Novorizontino entre 2014 e 2016, com o clube saindo da Série A3 até o Paulistão. Depois foi para o Vila Nova-GO, disputando Campeonato Goiano, Copa do Brasil e Série B do Campeonato Brasileiro nas duas últimas temporadas. Antes do CREC, o técnico chegou a ser sondado pela dupla Comerário. "No Operário houve uma conversa para ser auxiliar e analista de desempenho, mas sem uma proposta oficial. Depois conversei com um diretor do Comercial que fez uma proposta, mas o presidente não se posicionou, até porque ainda estão no processo de planejamento, inclusive financeiro. Aí pedi licença para negociar com o Costa Rica", explicou.

Antes de confirmar o acerto com o novo clube, Glauber esteve na cidade de Costa Rica, o que facilitou o sim. "Gostei muito da estrutura oferecida e das pessoas que gerem a cidade. Agora estamos trabalhando na montagem do elenco. Teremos alguns jogadores que já trabalharam comigo nestes 11 anos entre base e profissional, estamos acertando alguns empréstimos. Estou mergulhado neste processo para que dê tudo certo", define.

 

Envie seu Comentário