Mato Grosso do Sul, Quinta-feira 25 de abril de 2019
 
 
  • Ficha técnica
  • História
  • Títulos

Nome: Operário Atlético Clube
Alcunha: Tigre douradense
Mascote: Tigre
Fundação: 1 de maio de 1952
Estádio: Douradão, Chavinha (em Itaporã)
Capacidade: 30.000, 5.000
Localização: Dourados, MS
Presidente: Giovanni Jolando Marques
Treinador: Nelson Amaral Assunção (Jaba)
Competição: Campeonato Sul-Mato-Grossense

Fonte: Wikipédia

Fundado em 1º de maio de 1952, adotou as mesmas cores do Operário Futebol Clube de Campo Grande, o preto e branco. O time teve um período inativo, retornando novamente ao futebol em junho de 1991, após o empresário Alfio Senatore reunir um grupo de desportistas que resolveram colocar novamente o clube em evidência. Uma das propostas do time era aproveitar os atletas da cidade e revelar os jogadores de amadores da região para o cenário sul-matogrosense.

O time que se sagrou campeão da Copa Nacional de Futebol em Marília-SP, foi responsável direto pela revelação de vários craques do futebol, Conrado Arguelho, Fernando, Fernandinho, Carlos Pimentel, Macarrão, "Pitoko", e vários outros nomes do futebol douradense, e sul matogrossense.

Publicações sobre o clube

Pontos corridos cai e Estadual MS terá nova fórmula

Capeonato com turno e returno e pontos corridos chegou a ser anunciado, mas gastos derrubaram o formato

Arbitral opta por Estadual em pontos corridos, mas esbarra nos custos

Novo formato aumenta consideravelmente o número de jogos e os custos dos clubes para disputa

Funed espera ter Douradão liberado para OAC e Sete

Estádio passa por adequações e deve ser vistoriado em dezembro para receber os laudos

1 2 3 4