Mato Grosso do Sul, Quinta-feira 25 de abril de 2019
 
 

Artilheiro Otacílio Neto marca outro, Sete segura Corumbaense e terceira posição

De falta, capitão douradense fez seu nono gol na competição e fecha fase como um dos principais goleadores, ao lado de Salomão, do Águia

Gazeta MS Por Rogério Vidmantas - 18/03/2019 08h39

Otacilio Neto, cobrando falta, marcou seu nono gol no Campeonato Estadual (Foto: Erick Silva/Folha do MS) Otacilio Neto, cobrando falta, marcou seu nono gol no Campeonato Estadual (Foto: Erick Silva/Folha do MS)

Na primeira rodada goleada sofrida em casa, outra derrota no segundo jogo e time sendo apontado como provável rebaixado. Na última, empate fora de casa com um dos finalistas do ano anterior e terceira posição assegurada. O Sete de Dourados ratificou a campanha de recuperação durante a primeira fase do Campeonato Estadual segurando a pressão do Corumbaense no Estádio Arthur Marinho e o placar em 2 a 2. O capitão Otacílio Neto, autor do primeiro douradense cobrando falta, mais uma vez foi destaque do time e agora lidera a lista de artilheiros do campeonato, ao lado de Salomão, do Águia Negra, com nove gols.

Atrás apenas dos líderes Operário FC e Águia Negra, o Sete encara o Aquidauanense nas quartas de final ou, caso o Azulão seja punido pelo TJD na próxima quarta-feira (20), o Costa Rica. Nos dois casos decide a vaga em casa e com a vantagem do empate. O Corumbaense, em quinto, enfrenta o Comercial na próxima fase.

Em campo, como era de se esperar, a pressão do Corumbaense pela vitória no Estádio Arthur Marinho aconteceu desde o início, mas o gol saiu apenas aos 39 minutos. Após cobrança de falta, a zaga do Sete não cortou e Bruno Santos, que havia entrado minutos antes na vaga do lesionado Frankilin, chutou sem chances de defesa para Roger Paranhos. O empate veio nos acréscimos. Otacílio Neto, cobrando falta aos 46 minutos, levou o jogo empatado para o intervalo.

Na etapa final, a pressão do Carijó seguiu, com o Sete se portando bem na defesa. E, aos 33 minutos, o time douradense teve um pênalti a seu favor e Gugu, com precisão, virou o placar. A vantagem, porém, durou pouco. Aos 37, Romarinho aproveitou espaço na zaga do Sete para empatar o jogo mais uma vez. Nos últimos minutos, três boas oportunidades para o Corumbaense, mas a boa fase de Roger Paranhos impediu que o placar de 2 a 2 fosse mudado.

Classificação

Na outras partidas da rodada, que definiu também o rebaixamento, o ABC perdeu para o Operário FC por 3 a 1, o Águia Negra foi derrotado pelo Aquidauanense por 2 a 1, o Novo FC caiu diante da Serc por 3 a 2, Costa Rica e Urso empataram em 1 a 1 e o lanterna Operário AC foi goleado pelo Comercial por incríveis 8 a 1.

Terminada a primeira fase, o Operário FC é o líder com 24 pontos, seguido pelo Águia Negra com 23, Sete de Dourados com 20 e Comercial com 19, fechando o G4. Depois estão, na ordem, Corumbaense e Aquidauanense com 18 pontos, Costa Rica com 17 e a Serc com 13. Rebaixados para a segunda divisão foram o Urso com 11 pontos, ABC com oito, Novo com Sete e o Operário AC, com apenas três.

Confrontos

A definição dos confrontos para as quartas de final, que começa no fim de semana, depende do TJD, que julga o Aquidauanense na quarta-feira (20) por ter escalado um jogador supostamente irregular. Se o Azulão não for punido, Serc e Operário jogam em Chapadão do Sul, Águia Negra e Costa Rica no Laertão, Aquidauanense e Sete no Noroeste e Corumbaense e Comercial no Arthur Marinho.

Se punido, o Aquidauanense perde seis pontos e cai para oitava posição. Neste caso os confrontos seriam Operário e Aquidauanense, Águia Negra e Serc, Sete e Costa Rica e o único que permanece é Comercial contra o Corumbaense.

 

Envie seu Comentário