Polícia Civil prende autor de estelionato praticado contra uma idosa na capital

| PC/MS / [email protected]


A Polícia Civil prendeu nesse sábado, 30/10, uma mulher por estelionato, em Campo Grande. A prisão foi feita por policiais do Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO).

De acordo com o Boletim de Ocorrência, uma vítima idosa, de 73 anos, recebeu um telefonema de uma pessoa que dizia que seu cartão teria sido clonado e por meio dele, teriam sido realizados gastos diversos indevidamente. Em seguida, foi solicitado à vítima que telefonasse para o número no verso do cartão pedindo o bloqueio a expedição de um novo.

A idosa desligou o telefone e em seguida ligou para a operadora do cartão, mas não percebeu que o criminoso permaneceu na linha. Ao terminar a discagem, a vítima foi ludibriada pelo autor que se passou por atendente do banco.

O criminoso conseguiu coletar os dados pessoais da vitima e do cartão e disse que um funcionário do banco buscaria o cartão em sua residência. O suposto atendente falou para a vítima a escrever uma carta de próprio punho, solicitando o reembolso dos supostos gastos indevidos feitos por terceiros.

A idosa cumpriu todas as orientações do suposto atendente e momentos depois, uma mulher foi até a residência da vítima para buscar o cartão. Percebendo que podia se tratar de um golpe, os filhos da vítima acionaram a Polícia Civil.

Investigadores do DRACCO foram até o local e abordaram a suspeita. Ao ser entrevistada, ela confessou participação no crime. Com a autora foram apreendidos outros dois cartões de outras duas vítimas.

Diante dos fatos, a mulher foi autuada em flagrante e conduzida para ao DRACCO, onde foi formalizada a ocorrência.

A Polícia Civil solicita que vítimas desse golpe ou assemelhados procurem a delegacia mais próxima para registro do Boletim de Ocorrência e ainda orienta sobre cautelas e orientações que a família deve ter, especialmente com idosos, para que não sejam vítimas deste tipo de crime.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE