Ataque aéreo dos EUA pode ter matado civis na Síria, aponta o Pentágono

| JOVEM PAN / JOVEM PAN


Ataque contra civis será investigado pelo Pentagono

O Exército dos Estados Unidos irá abrir uma investigação sobre possíveis vítimas civis de um ataque realizado com drones na Síria. Segundo o Pentágono, a ação tinha como alvo um “líder da Al-Qaeda“. O ataque aconteceu nesta sexta-feira, 3, na província de Idlib, onde havia vários grupos rebeldes jihadistas. “Abominamos a perda de vidas inocentes e tomamos todas as medidas possíveis para evitá-las. A possibilidade de uma vítima civil foi imediatamente comunicada ao Comando Central dos EUA ', disse o porta-voz do CENTCOM, Capitão Bill Urban, em um comunicado obtido pela CNN. Em novembro foi revelado pelo New York Times que um ataque aéreo americano de março de 2019 atingiu “uma grande multidão de mulheres e crianças amontoadas contra a margem de um rio” perto da cidade de Baghuz. Esse pode ter sido o maior incidente civil do Pentágono na Síria. Logo depois da investigação do Times, o CENTCOM admitiu que pode ter matado 80 pessoas, incluindo civis, mas nega que mulheres e crianças estejam entre as vítimas.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE