Polícia da Índia prende homem que roubou relógio de Maradona e recupera objeto

| JOVEM PAN / JOVEM PAN


Homem de 37 anos trabalhava como segurança e foi detido pela polícia da Índia

Um homem de 37 anos foi preso na Índia por suspeita de roubar um relógio personalizado de Diego Maradona em Dubai, nos Emirados Árabes. De acordo com informações dadas pela polícia do país asiático neste sábado, 11, Wazid Hussain, de 37 anos, foi detido no estado de Assam. Ele trabalhava como guarda de segurança desde 2016 em uma empresa de Dubai que guardava objetos relacionados à estrela argentina e teria se apossado do relógio da marca suíça Hublot, uma peça de edição limitada a uma unidade, que custava cerca de US$ 26,5 mil (equivalente a R$ 132 mil) e tinha uma foto do argentino gravada na parte de baixo, com sua assinatura e sua camisa número dez. “Em um ato de cooperação internacional entre a polícia de Assam e de Dubai, recuperamos o relógio Hublot que pertencia ao lendário jogador Diego Maradona. Prendemos uma pessoa identificada como Wazid Hussein e medidas legais sobre o caso estão sendo tomadas”, afirmou a ministro-chefe do estado de Assam, Himanta Biswa Sarma, em publicação nas redes sociais.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE