Novos investimentos na cultura e infraestrutura de Maracaju somam R$ 7,3 milhões

Dos investimentos destinados para Maracaju nesta sexta-feira (28), R$ 1,6 milhão são para a cultura, R$ 2,2 milhões para a infraestrutura e R$ 3,5 milhões para a habitação.

| BRUNO CHAVE, SUBCOM


Governador Reinaldo Azambuja visita museu de Maracaju - Foto: Chico Ribeiro

Com a liberação de R$ 7,3 milhões para os setores de cultura e infraestrutura de Maracaju, o governador Reinaldo Azambuja iniciou nesta sexta-feira (28) a agenda de viagens de 2022 pelo interior de Mato Grosso do Sul. Acompanhado do secretário Eduardo Riedel (Infraestrutura), ele destinou recursos para a restauração do Museu de Tecnologia Anna Thereza de Lima Alves, para a conclusão da sede da Colônia Paraguaia, para a licitação da obra de pavimentação da Rua Germano Bellan e para a construção de 41 novas moradias.

“O Estado só consegue construir esses investimentos se estiver bem das pernas. Fizemos o dever de casa e resgatamos a capacidade do Estado de trabalhar para as 79 cidades. Tem muita coisa acontecendo em Maracaju, assim como nos outros municípios. Aqui, além dos investimentos de hoje: a reforma do museu, que carrega a história da cidade, a conclusão da Colônia Paraguaia, a pavimentação da rua que dá acesso a Fundação MS e a construção das moradias, temos obras de asfalto nos bairros, a reforma do centro cultural e a construção da maternidade, que vai ser entregue equipada. Esses são alguns exemplos de ações em prol em desenvolvimento da cidade”, destacou o governador.

Dos investimentos destinados para Maracaju nesta sexta-feira (28), R$ 1,6 milhão são para a cultura, R$ 2,2 milhões para a infraestrutura e R$ 3,5 milhões para a habitação.

“A gente só pode olhar para frente e seguir adiante se tivermos respeito pelo que foi feito lá atrás. Por isso, investir nesse museu que conta a história de Maracaju, de mais de 150 anos, é muito gratificante. Também temos a Colônia Paraguaia, que faz parte da nossa cultura e de nosso desenvolvimento. Além da obra de acesso a Fundação MS, que dá mais segurança. Esses investimentos completam o conjunto de ações do Governo que promovem o crescimento de Mato Grosso do Sul”, reforçou o secretário Eduardo Riedel.

Prefeito em exercício da cidade, Mauro Christianni, agradeceu o Governo do Estado pelos novos investimentos e disse que ele e o prefeito Marcos Calderan, que está de férias, querem administrar Maracaju tão bem quanto Reinaldo Azambuja administrou de 1997 a 2004. “Queremos fazer uma gestão inspirada na gestão do governador Reinaldo Azambuja que sempre foi parceiro do nosso município. Saiba, governador que você é uma inspiração para todos nós”, falou.

Museu, da fundação de Maracaju à estação ferroviária

O Museu de Tecnologia Domadora Anna Thereza de Lima Alves foi criado em junho de 1996, reunindo fotos e materiais que guardam a memória de Maracaju. Ele conta a história das primeiras famílias que habitaram a cidade, da estação ferroviária que contribui para o progresso e da política local. O museu leva o nome da primeira vereadora de Maracaju, Anna Thereza, que idealizou o acervo e ocupou vaga no Legislativo Municipal de 1982 a 1988.

Por meio de convênio, foram destinados R$ 746.302,00 para a restauração do edifício. Do total de investimentos, R$ 681,3 mil são recursos próprios do Governo do Estado, via Fundação de Cultura, e R$ 65 mil de contrapartida do Município.

Colônia Paraguaia

Com apoio do Estado, a Associação Cultural Colônia Paraguaia de Maracaju já recebeu a construção dos barracões. Agora, fomento de R$ 919 mil, viabilizados por intermédio da Fundação de Cultura, vai possibilitar conclusão da sede. A obra já tem contrapiso e cobertura. Com o recurso, será concluído o espaço de eventos, que terá 900 metros quadrados, com cozinha, escritório, churrasqueira, bar e banheiros.

Rua Germano Bellan

O Governo do Estado autorizou a abertura da licitação para a obra de pavimentação na via que dá acesso à Fundação MS, onde é realizada o Showtec, maior evento agro de Mato Grosso do Sul. O valor estimado da obra é de R$ 2,2 milhões, com intervenções na Rua Germano Bellan e acesso à instituição, que fica na Estrada da Usina Velha, Km 2.

Fundada em 18 de março de 1992, a Fundação MS para Pesquisa e Difusão de Tecnologias Agropecuárias, foi criada por produtores rurais, com o objetivo de gerar e adaptar tecnologias para apoiar o expressivo crescimento na área cultivada em Mato Grosso do Sul, especialmente visando adaptar o Sistema Plantio Direto (SPD) do sul do Brasil para o Mato Grosso do Sul.

Novas moradias

Mais 41 unidades habitacionais serão construídas em Maracaju, por meio da parceria entre Estado e Município. O governador Reinaldo Azambuja autorizou a formalização do convênio que prevê investimentos estaduais de mais de R$ 1,5 milhão, acrescidos de recursos do município, totalizando o aporte de R$ 3,5 milhões no Projeto de Habitação e Desenvolvimento Urbano em Maracaju.

Também acompanharam a agenda do governador em Maracaju os secretários Jaime Verruck (Semagro) e Édio Resende (SED); os deputados Mara Caseiro, líder do Governo na Assembleia, Marçal Filho e Paulo Duarte; e o diretor-presidente da Fundação de Cultura do Estado, Gustavo Castelo.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE