Diabetes e açúcar: o mal silencioso

Por ser uma condição que inicialmente não apresenta sintomas, é necessário entender melhor a doença

| ASSESSORIA


Você sabia que o diabetes, diferente do que muitos pensam, é uma doença silenciosa e que merece muita atenção? E o açúcar, um vilão ou mocinho? O que é certo é que algumas coisas não têm como negar: alimentação saudável, exercícios físicos e exames frequentes são fatores primordiais para prevenir o diabetes.  

Para entender melhor sobre a temática a Dra. Ana Carolina Wanderley Xavier, endocrinologista da Unimed Campo Grande e presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – Secção Mato Grosso do Sul, fala sobre o assunto. Confira!  

Por que é uma doença silenciosa? 

Desde seu diagnóstico a doença não acarreta sintomas inicialmente, vai aos pouquinhos aumentando a glicose. Vão anos a fio até surgir a doença e suas complicações. A pessoa pode, sim, ter a doença e não ter nenhum sintoma. Daí a importância de estar sempre alerta e fazer exames regularmente.  

Diabetes

A doença é ocasionada pelo aumento de glicose no sangue, surgindo quando há redução ou deficiência na produção do hormônio insulina pelo pâncreas.  

Existem três tipos mais comuns da doença, sendo eles:  

- Tipo 1: quando a deficiência de insulina leva à destruição das células do pâncreas que produz esse hormônio, influenciados por fatores genéticos e ambientais.  

- Tipo 2: surge quando o organismo não produz insulina suficiente, geralmente, relacionado ao sobrepeso, tabagismo, sedentarismo, hábitos alimentares inadequados, poucas horas de sono e doenças cardiovasculares, podendo não apresentar sintomas iniciais.  

- Gestacional: pode surgir durante a gravidez devido à resistência das células a insulina. Detectado, normalmente, nos exames de pré-natal.  

Pré-diabetes

O pré-diabetes é como um alarme que o corpo emite pedindo atenção. Ele ocorre quando os níveis de glicose no sangue estão mais altos do que o normal, mas ainda não são tão altos para indicar o diabetes tipo 2.   

Essa condição pode ser revertida ou retardada com acompanhamento médico, incluindo: 

- O controle de glicose  

- A introdução de novos hábitos alimentares  

- A prática de exercícios  

- O suporte de um profissional e a restauração da normalidade glicêmica são essenciais para evitar complicações da doença e reduzir os riscos de doenças cardiovasculares.  

Prevenção Monitorar os cuidados com o diabetes é sempre importante para manter os níveis adequados de açúcar no sangue. Por isso, para garantir o bem-estar e a segurança, mesmo convivendo com a doença, é essencial manter os cuidados, incluindo na rotina: 

- Alimentação baseada em comidas in natura ou minimamente processadas​
- Exercício físico para aumentar a captação de glicose no organismo​
- Manter ou até aumentar a frequência de controle das taxas​
- Não parar a medicação por conta própria​  

Além disso, a melhor maneira de evitar o diabetes é evitar o ganho de peso. 

Açúcar, pode? 

Com a doença instalada o primeiro passo é: alimentação saudável. Nesses casos precisa tirar o açúcar. “De vez em quando pode?” Depende do caso, do controle e do estágio que está essa doença.  

Segundo passo: atividades físicas. Precisa se movimentar independente da idade. 

Terceiro passo: medicamentos. Falo para meus pacientes que estou encantada nos últimos anos com o desenvolvimento no tratamento dessa doença. Existem medicações que oferecem maior controle da doença e, inclusive, outros benefícios, como proteger o coração e até o rim. 

Preste atenção! 

Se você não tem histórico familiar, não está acima do peso, faz exercícios e tem uma alimentação saudável no dia a dia, pode, sim, comer um doce de vez em quando. Porém, caso contrário, precisa de atenção e cuidados. Não podemos também ficar naquela restrição muito intensa se não há a necessidade.   

Para saber mais sobre o assunto acompanhe o episódio DIABETES E AÇÚCAR: O MAL SILENCIOSO do podcast Cuidar de Você, com Dra. Ana Carolina.  Basta acessar nosso Spotify (https://bit.ly/PodcastUnimedCG ) e Youtube (https://bit.ly/PodcastUnimedCGYoutube ).       



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE