Sanesul investe quase R$ 1 milhão em energia solar em sua unidade em Sonora

O diretor-presidente da Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul), Walter Carneiro Júnior, assinou na tarde desta quinta-feira (17) ordem de serviço para instalação de uma central geradora fotovoltaica na unidade da companhia em Sonora.

| ASSESSORIA


O diretor-presidente da Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul), Walter Carneiro Júnior, assinou na tarde desta quinta-feira (17) ordem de serviço para instalação de uma central geradora fotovoltaica na unidade da companhia em Sonora.

No total, serão investidos R$ 908.840,67 na instalação de energia solar no escritório da empresa que funciona na cidade, localizada na região norte do Estado.

O ato ocorreu no escritório da Sanesul e contou, entre outros, com a presença do prefeito Enelto Ramos, do vice-prefeito Walter Rodrigues de Almeida, do presidente da Câmara de Vereadores, Dalmi Alves, vereadores e funcionários da unidade da empresa local.  

Durante sua fala, Enelto fez questão de agradecer os investimentos da Sanesul no sistema de esgoto da cidade, considerando uma grande obra, que, segundo ele, “é continuidade da rede que vai trazer qualidade de vida e saúde à população de Sonora’.

O presidente da Câmara também destacou os investimentos do governo e da Sanesul voltados ao desenvolvimento do município durante o mandato do governador Reinaldo Azambuja.

Walter Carneiro Júnior disse que a construção de uma mini usina geradora de energia visa à produção de energia limpa, não só para a unidade de Sonora, mas para as unidades da região norte.

“Nós recomendamos um estudo que demonstrou que na região norte a maior incidência solar está aqui em Sonora. Então, é por essa a razão de a usina está sendo feita aqui. Há possibilidade de gerar energia, logisticamente aqui em Sonora é muito boa. A gente vai utilizar isso para manter as nossas unidades todas da região norte”, colocou o diretor, lembrando que a companhia já implantou o sistema na Capital e está fazendo em Ivinhema.

“Todas essas ações têm a ver com sustentabilidade e têm a ver com ações positivas para mitigar os impactos no meio ambiente. É uma filosofia nossa também crescer, mas crescer com sustentabilidade”, disse ao agradecer a parceria institucional com a prefeitura.

PLANEJAMENTO ENERGÉTICO

A Sanesul já utiliza a energia solar no Complexo Maria Cecília Barbosa, em Campo Grande, onde funcionam os departamentos comercial e almoxarifado, mas o planejamento é expandir esse benefício energético para as unidades locais nos municípios.

O investimento é da própria empresa que acredita no planejamento energético estratégico e inteligente, que gere economia, produtividade e competitividade, de forma sustentável, mantendo a qualidade dos serviços.

A fonte natural apresenta ótimos resultados, é econômica e ecologicamente correta.

Empresas de saneamento demandam muita energia elétrica para operar e a Sanesul busca aprimorar a sua eficiência energética em todo o processo, do atendimento ao tratamento, reduzindo custos operacionais e preservando o meio ambiente.

ROTA DO SANEAMENTO

O investimento no setor de energia no escritório da empresa também faz parte da ‘Rota do Saneamento’, programa que prevê entrega de obras nos 68 municípios nos quais a Sanesul mantém a concessão dos serviços públicos, incluindo os sistemas de água e esgoto.

Sonora é o 45º município visitado pelo diretor-presidente da Sanesul por determinação do governador Reinaldo Azambuja e do secretário Eduardo Riedel (Infraestrutura) visando uma série de investimentos em infraestrutura de saneamento e outras ações, sobretudo o cumprimento da meta da universalização do esgotamento sanitário.  

Walter Carneiro Júnior aproveitou o ato para entregar ao prefeito Enelto Ramos o ‘Troféu Rota do Saneamento’, conferido aos gestores que são parceiros da companhia em torno do projeto de expansão do setor de saneamento básico em Mato Grosso do Sul.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE