Medidas de primeiros socorros no trânsito podem salvar vidas

| GOVMS / BRUNO CHAVES


Primeiros socorros prestados corretamente após acidentes de trânsito com vítimas podem salvar vidas. Por isso, o Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul orienta como os cidadãos devem agir nestas situações.

Depois de um acidente, o primeiro passo é sinalizar o local com o que tiver à mão (triângulo, arbustos), evitando, assim, a ocorrência de outros acidentes, como colisões e atropelamentos, enquanto você estiver prestando socorro.

Logo em seguida, ligue para a emergência e informe detalhes do ocorrido, como existência de vítimas, tipo do veículo e se há algum vazamento, por conta do risco de explosões e incêndios.

É preciso, ainda, ajudar a vítima a se manter consciente, por isso, converse com ela, faça perguntas, esse processo facilita o socorro profissional, mas se houver algum risco de explosão é preciso manter distância do local.

O que não fazer?

Em caso de acidente é preciso evitar a aglomeração de pessoas ao redor da vítima, uma vez que isso pode prejudicar o resgate e a recuperação do acidentado. Não encoste e nem movimente a vítima, pois ela pode não apresentar muitos ferimentos visíveis, mas talvez tenha algum problema interno que, com mínima movimentação, será agravado.

O único caso no qual é permitido encostar na vítima é se ela estiver com dificuldades para respirar, devido ao cinto de segurança. Solte-o, mas sem mover o corpo.

Em caso de perda de sangue, o aconselhável é realizar pressão direta no local do ferimento. A aplicação de torniquete deve ser realizada apenas por um socorrista treinado. Preocupe-se em deixar a vítima confortável, consciente e aguarde o resgate chegar.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE