Empresário: “Isso é um mau exemplo de falta de gestão”

| REDAçãO


No domingo, pela manhã, a Energisa esteve na Rua João Rosa Góes, entre as ruas Onofre Pereira de Matos e Antônio Emílio de Figueiredo, realizando poda de árvores. Ao finalizar o serviço deixou os galhos cortados sobre a calçada.
“Eram figueiras e a quantidade de lixo deixada foi muito grande|”, explica o empresário que prefere não se identificar, e continua: “Ao invés de levar o lixo, a Energisa apenas o amontoou sobre a calçada”. Na terça-feira, como os detritos ainda estavam no mesmo local, ele fez uma reclamação junto à Energisa, quando a atendente disse que ele teria de esperar por cinco dias, causando-lhe um misto de revolta e indignação.
“Na quarta-feira”, conta ele, “um caminhão da prefeitura retirou alguns galhos que ali estavam, jogados, deixando boa parte do lixo ainda sobre as calçadas, e esse material se encontra no local até hoje (24)”.
“Não sei quem seria o responsável por essa limpeza, mas é uma vergonha o estado que se encontra a rua, no centro da cidade”, diz o empresário em sua veemente reclamação.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE