Operação “Tiradentes 2022' reforça fiscalização nas rodovias estaduais até a próxima segunda-feira

| GOVMS / LGOMES


Para ampliar a fiscalização nas rodovias estaduais,  o Batalhão de Polícia Militar Rodoviária realiza a “Operação Tiradentes 2022', que prevê reforço de policias para combater eventuais crimes e irregularidades no trânsito. Devido o feriado aumenta o fluxo de veículos nas estradas, por isso é necessária esta vigilância mais ostensiva.

A Operação começou na terça-feira (19), por volta das 8h, e segue com os trabalhos até segunda-feira (25), no mesmo horário. O foco da fiscalização é o combate à embriaguez ao volante, tendo como objetivo principal reduzir o número de acidentes nas rodovias.

Para efetuar uma fiscalização mais efetiva foi disponibilizado equipes e efetivo “extra' nas rodovias de todas as regiões do Estado, com atenção redobrada para aquelas que apresentam mais movimento, especialmente as estradas que dão acesso aos pontos turísticos de Mato Grosso do Sul.

A fiscalização neste feriado já conta com policias militares que fizeram recentemente cursos de formação e atualização para atuarem como agentes de fiscalização do trânsito. Também serão usadas novas viaturas e equipamentos do Batalhão.

O Batalhão da Policia Militar Rodoviária orienta aqueles que estiverem viajando a conferirem as condições de segurança do veículo, assim como ser paciente e responsável na direção durante o percurso, respeitando as leis de trânsito. Para retirar dúvidas ou fazer denúncias pode ligar no telefone: 198.

Último feriado

A Operação “Semana Santa', que ocorreu no último feriado, a Polícia Militar Rodoviária conseguiu apreender uma tonelada de maconha com o reforço da fiscalização. Mais de 3 mil motoristas foram abordados, sendo que cinco estavam alcoolizados. Também foram aplicadas 450 multas nos cinco dias de operação nas rodovias estaduais.

De acordo com o Batalhão, esta fiscalização ajudou a coibir motoristas embriagados nas rodovias, o que influencia diretamente nos acidentes. Nesta operação três carteiras de habilitação foram apreendidas e 1.350 pacotes de cigarros contrabandeados retirados de circulação.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE