Polícia Civil deflagra operação Tormenta em Itaporã-MS

| PC/MS / [email protected]


A Polícia Civil do Estado de Mato Grosso do Sul deflagrou na sexta, 22/04, a primeira fase da Operação Tormenta, com vistas a investigar os crimes de tráfico de drogas, tortura e organização criminosa, supostamente ocorridos no município de Itaporã – MS. Há, também, suspeitas de que os investigados praticaram lavagem de dinheiro.  

A operação foi desencadeada pela Delegacia de Polícia Civil de Itaporã, e contou com o apoio da Defron – Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira, das Delegacias de Polícia Civil de Douradina e de Maracaju, do 3º Pelotão da Polícia Militar em Itaporã e do Canil do 3º Batalhão da Polícia Militar de Dourados.

Cerca de 35 policiais civis e militares cumpriram 19 mandados de busca domiciliar e 09 mandados de prisão temporária. Quatro suspeitos também foram presos em flagrante delito.

Durante as buscas foram apreendidos uma arma de fogo, 23 munições cal. 38, 35 munições cal. 9mm, uma munição .50, aproximadamente meio quilo de maconha, 73 porções de crack, balanças de precisão, dinheiro e telefones celulares. 

A operação é fruto de uma investigação que vem sendo desenvolvida há aproximadamente três meses. Quatro vítimas deram entrada no Hospital de Itaporã com sinais de espancamento, e a Polícia Civil apurou a existência de uma espécie de “Tribunal do Crime' que estaria punindo suspeitos de furto na cidade.

As diligências realizadas desde então forneceram indícios de que uma organização criminosa, que vinha atuando no tráfico de drogas em Itaporã e municípios limítrofes, seria a responsável pelas ‘punições’.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE