Prefeitura e lideranças discutem melhorias nas vias das aldeias

Encontro teve ainda representantes da Funai, MPF e da prefeitura de Itaporã

| PM DOURADOS


Reunião nesta sexta-feira (13) no Centro Administrativo Municipal (CAM) foi o primeiro passo para um amplo trabalho de melhorias e recuperação das vias das aldeias Bororó e Jaguapiru, além do principal acesso à aldeia Panambizinho. O trabalho será feito em ação conjunta entre as prefeituras de Dourados e Itaporã, Governo do Estado por meio da Agesul e com apoio da Fundação Nacional do Índio (Funai) e do Ministério Público Federal (MPF).

O Secretário Municipal de Obras Públicas, Luis Gustavo Casarin, recebeu o secretário de Obras de Itaporã, Deusimar Dias Oliveira (Tito), o diretor de meio ambiente da Agesul, Pedro Celso Fernandes, o coordenador regional da Funai, Valdir Poloff, o antropólogo Waldenir Bernini Lichtenthaler, representante do MPF. Participaram do encontro também lideranças das aldeias que vão receber as obras, entre eles o cacique Ramão Fernandes, da Jaguapiru, cacique Reinaldo Arevado, da Bororó, e seus respectivos vices.

Segundo Casarin, em 2021 foi feito o patrolamento em 100% das aldeias em Dourados. Agora, será feito nova conformação das vias pelas secretarias de Obras de Dourados e Itaporã, já que as aldeias abrangem os dois municípios, e pela Agesul. “Posteriormente a esse trabalho, será feito o cascalhamento para resolver os problemas nas estradas indígenas', afirmou o secretário.

As melhorias e recuperação das vias nas aldeias facilitará o acesso dos moradores e de serviços necessários para atender a comunidade, como ambulâncias e ônibus escolares.

O secretário ressaltou a importância de se ter representantes da Funai e do MPF na reunião para o bom andamento das melhorias. “Temos que tomas todas as decisões alinhados com o Ministério Público e a Funai. É a melhor maneira de desenvolvermos o trabalho que já vai ter o apoio das lideranças na identificação dos problemas mais urgentes das aldeias', completou.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE