Alan Guedes anuncia mais oito leitos de UTI neonatal para Dourados

Leitos serão implantados no Hospital Evangélico e vai desafogar ocupação do HU

| PM DOURADOS


O prefeito de Dourados, Alan Guedes, começou o segundo dia de despachos no Gabinete Itinerante, montado na 56ª Expoagro, discutindo a saúde do município. Nesta terça-feira (17), junto com o secretário de Saúde, Waldno Lucena, se reuniu com o secretário de Saúde do Estado, Flávio Britto e o diretor de regulação de Dourados, Frederico Weissinger. A pauta foi a ativação de um maior número de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal no Hospital Evangélico.

Dourados conta hoje com dez leitos de UTI neonatal instalados no Hospital Universitário (HU-UFGD) e o planejamento da Secretaria de Saúde é ativar outros oito no HE em aproximadamente duas semanas. Os custos dessa nova ala serão cobertos com contrapartida das três partes: Prefeitura Municipal, Governo do Estado e União.

De acordo com Flávio Britto, o Governo do Estado é parceiro da Prefeitura Municipal e da Secretaria de Saúde e a necessidade de se ampliar o número de leitos de UTI neotanal em Dourados é um fato. “Não é uma ordem judicial que vai fazer aparecer toda a infraestrutura para montagem desses leitos. Para isso, estamos montando uma parceria com três entes: os governos municipal, estadual e federal, todos dispostos a solucionar um problema que ainda é um resquício da pandemia'. Para ele, essa melhoria só é possível com as partes trabalhando em sintonia. “O Governo do Estado é parceiro de Dourados e na Saúde não é diferente. Estarmos aqui hoje é mostra disso', completou

Para montagem desses leitos, a parceria com o Hospital Evangélico é necessária, já que não há mais como expandir o serviço no HU, que já conta com dez leitos para esse fim, todos ocupados. “Hoje ainda temos um paciente neonatal aguardando leito, já que conseguimos fazer um remanejamento de leitos dentro do HU nos últimos dias. Entretanto, segundo o último boletim, temos 14 crianças e outras três excedendo. Ou seja, são 17 crianças no total', explica Frederico Weissinger.

Satisfeito com o resultado do encontro, o prefeito Alan Guedes disse que uma dificuldade da saúde será agora resolvida. “Temos que agradecer a disponibilidade do secretário Flávio Britto de vir à Dourados, de vir ao nosso gabinete aqui na Expoagro para a gente resolver os problemas e conseguimos isso. Encontramos um bom termo para o financiamento dos leitos neonatal que serão financiados pelo Estado com a maior parte e cofinanciados pelo Município e pela União. Esse é um problema que é crônico, não apenas para Dourados, mas para a nossa macrorregião, que agora tem solução', afirmou

Concluído o acordo, a perspectiva é de que os leitos estejam disponíveis em aproximadamente 15 dias. “Esse é o prazo solicitado pelo Hospital Evangélico para adequar espaço, infraestrutura e equipe para iniciar o atendimento', explica o secretário Waldno Lucena. “Graças a Deus essa reunião terminou com uma boa solução', concluiu.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE