Mato Grosso do Sul, Quinta-feira 25 de abril de 2019

Com Stock e Truck garantidos, pista do autódromo será reformada

Obras devem iniciar neste ano e se enterder até meados de 2021, segundo a administração

MS Esporte Clube - 06/02/2019 15h05

Pilotos se preparam em pré-largada, em 2015
(Foto: Arquivo/MS Esporte Clube) Pilotos se preparam em pré-largada, em 2015
(Foto: Arquivo/MS Esporte Clube)

Campo Grande entra em 2019 de uma vez por todas na rota dos principais eventos automobilísticos do Brasil e consequentemente da América do Sul, recebendo etapas da Stock Car e Copa Truck, que trazem junto outras categorias adjacentes, além da largada do Rally dos Sertões, que é um dos principais eventos da modalidade e contará como etapa do Sul-americano.

Principal competição do automobilismo nacional, a Stock Car está garantida até 2021 no Autódromo Internacional de Campo Grande. A situação é a mesma com a Copa Truck, que hoje ocupa o lugar da Fórmula Truck, encerrada por problemas financeiros.

As competições foram asseguradas após articulação da prefeitura e de lançamento de um "pacote" que promete reformar por completo a pista do autódromo em três anos - período ao qual os organizadores também prometeram manter os eventos na cidade.

Em 2019, os reparos devem ser menores e ligados diretamente a questão de segurança, com aumento das áreas de escape, instalação de muros de segurança e contenção, além de um muro na lateral dos boxes, exatamente no local onde aconteceu um acidente que deixou dois mecânicos feridos.

Já para 2020, está previsto o início das obras mais "pesadas", com a implementação de uma pista de arrancada entre as duas principais retas do traçado da pista. Por fim, em 2021, serão feitas as melhorias no asfalto da pista, muitas vezes criticado por ser extremamente abrasivo, ou seja, tem alta aderência e consome mais os pneus. Essa parte é a mais cara

"A questão da segurança está melhorando ano a ano. E é importante cumprirmos as exigências desse acordo de três anos para garantirmos a permanência dessas competições e até a inclusão de novos eventos que nos coloquem no cenário internacional", frisa o diretor-presidente da Funesp (Fundação Municipal de Esportes), Rodrigo Terra.

Sobre o valor das obras, Terra afirma que como elas ainda não foram orçadas, não existe uma estimativa. "Estamos procurando parceiros na iniciativa privada, conversando com deputados para destinação de emendas parlamentares [para financiar as reformas]".

Stock Car em agosto

A temporada 2019 da Stock Car contará com 12 etapas, sendo a sexta em Campo Grande, marcada para 11 de agosto. Em média, a organização do evento calcula que o impacto econômico causado na cidade nas semanas anteriores próximas a corrida e no dia do GP, gira em torno de R$ 10 milhões.

"E ainda tem o impacto de mídia, que nos coloca em situação privilegiada e de uma forma natural para todo o país e mais de 100 países do mundo", destaca Rodrigo Terra. Também em agosto, mas nos dias 24 e 25, véspera do aniversário de Campo Grande, acontece a largada do Rally dos Sertões.

Já a data de realização da Copa Truck ainda não foi confirmada. Outro evento nacional e de importância no cenário de esportes a motor é o Brasileiro de Motocross, que deve promover sua 4ª etapa em 7 de julho, em Nova Alvorada do Sul - cidade localizada a 120 km de Campo Grande.



Envie seu Comentário