Mato Grosso do Sul, Domingo 26 de maio de 2019

Apenas três times terminam a segunda rodada com 100% no Brasileirão

Atlético-MG e São Paulo ganharam a companhia do Santos que bateu o Fluminense nesta quinta-feira no fechamento da rodada

Gazeta MS Por Rogério Vidmantas - 03/05/2019 08h40

Carlos Sánchez marcou um dos gols da vitória do Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC) Carlos Sánchez marcou um dos gols da vitória do Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

O Brasileirão tem apenas três times 100% após as duas primeiras rodadas. Depois de São Paulo e Atlético-MG, nesta quinta-feira (2) foi a vez do Santos se juntar ao seleto grupo de líderes. O Peixe recebeu o Fluminense e venceu por 2 a 1, gols de Rodrigo Sasha e Carlos Sánchez, com Pedro descontando, o primeiro gol do atacante tricolor após oito meses se recuperando de contusão. Fechando a rodada, o Botafogo venceu o Bahia-BA por 3 a 2 e se recuperou do tropeço na estreia.

Santos

Na Vila Belmiro, o Flu começou melhor, atacando bem pelo lado direito e levando perigo ao Santos. A primeira boa oportunidade foi aos oito minutos, em chute forte cruzado de Gilberto que Luciano não conseguiu finalizar. Sete minutos depois, foi a vez o Peixe ameaçar pela primeira vez. Soteldo invadiu a área e chutou rasteiro e o goleiro Rodolfo defendeu em dois tempos. Mas a melhor chance da etapa inicial foi aos 34, em cabeceio forte de Gustavo Henrique que parou nas mãos de Rodolfo.

O equilíbrio no duelo manteve-se nos primeiros minutos da etapa final. Mas, na melhor chegada do período, o Peixe largou na frente. Aos 19 minutos, Eduardo Sacha recebeu passe de Rodrygo pela direita, bateu de primeira e abriu o placar na Vila. O Peixe começou a gostar ainda mais do jogo após abrir o placar. Depois de colocar uma bola na trave, com Jean Lucas, o Alvinegro chegou ao segundo gol: Bruno Silva errou o domínio de bola, que sobrou limpa pra Pituca chutar na trave. No rebote, Sánchez completou para o gol. E os minutos finais do duelo foram de tirar o fôlego. Depois de Rodrygo quase fazer o terceiro do Peixe, o Tricolor foi ao ataque e diminuiu em cabeceio de Pedro, fazendo 2 a 1 no placar. Na sequência, Rodolfo protagonizou bela defesa em chute rasteiro de Jean Lucas. No fim, triunfo do Santos e vice-liderança do Brasileirão 2019 garantida.

Rio de Janeiro

Mesmo jogando no Nilton Santos, foi o Tricolor Baiano quem pulou na frente. Logo aos cinco minutos de jogo, Arthur Caíke recebeu cruzamento de Moisés e abriu o placar. O Alvinegro, pressionado com a desvantagem em casa, começou a se lançar ao ataque. Depois de algumas chances, finalmente chegou ao gol. Na marca dos 29 minutos, Erik acertou um lindo voleio para estufar as redes e igualar o duelo. Animado com o gol, o Alvinegro virou logo na sequência. Aos 35, João Paulo apareceu na pequena área para colocar o Botafogo em vantagem no placar. O time da casa ainda conseguiu marcar mais um antes do intervalo, em jogada individual de Cícero, que bateu sem chances para o goleiro Friendrich.

Se choveu gols na primeira etapa, no segundo não deixou tanto a desejar. Com 13 minutos, o Botafogo quase marcou o quarto, mas Diego Souza, cara a cara com Douglas, não conseguiu finalizar. Depois, na marca dos 21, foi a vez do Tricolor assustar, quando Gilberto se antecipou e bateu forte, mas a bola passou à direita de Gatito. Nove minutos mais tarde, Leo Valencia bateu para o gol, mas Lucas Fonseca tirou de cabeça em cima da linha. Mas os baianos não jogaram a toalha. Aos 36, Ernando aproveitou sobra na área e mandou com o gol aberto: 3 a 2 no marcador. O Bahia seguiu insistindo, mas o Fogão conseguiu segurar o ímpeto adversário e vencer a primeira na Série A 2019.

 


Envie seu Comentário