Mato Grosso do Sul, Quinta-feira 25 de abril de 2019

Corinthians joga mal, mas vence Santos nos pênaltis e fica com a vaga na final

Timão perdeu o jogo nos 90 minutos por 1 a 0 e derrotou os rivais nas cobranças de pênaltis no Pacaembu

Gazeta MS Por Rogério Vidmantas - 09/04/2019 09h28

Corinthians agora enfrenta o São Paulo na final (Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians) Corinthians agora enfrenta o São Paulo na final (Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

O Corinthians venceu o Santos na decisão por pênaltis e está na decisão do Campeonato Paulista para enfrentar o São Paulo. No tempo normal o Peixe venceu por 1 a 0, gol de Gustavo Henrique quase no fim da partida, devolvendo a derrota no jogo de ida. No desempate, o Timão foi melhor e venceu por 7 a 6. Victor Ferraz bateu a última cobrança na trave e viu o rival avançar à decisão.

Na decisão, o Corinthians irá enfrentar o São Paulo, que garantiu a sua vaga após vencer o Palmeiras, também nos pênaltis, mas pelo placar de 6 a 5. Os jogos finais acontecem nos dois próximos domingos, às 16h.

Jogo

Jogando como mandante no Estádio do Pacaembu e precisando do resultado para ir à final, o Santos tomou a iniciativa do ataque o jogo todo e dominou a partida. A primeira chance de perigo veio aos 20 minutos, quando Cueva roubou a bola na grande área, chutou cruzado e Jean Mota apareceu para desviar, mas parou em grande defesa de Cássio. Cinco minutos depois, o goleiro corintiano parou mais uma vez o ataque santista após chute de Carlos Sánchez.

O Corinthians seguia fechado na defesa e tentava responder em contra-ataques rápidos, mas sem sucesso. O Santos seguia em cima e quase abriu o placar aos 34, quando Jean Mota cobrou falta com categoria e o goleiro corintiano apareceu mais uma vez para afastar o perigo no final da primeira metade.

Na volta do intervalo, a partida seguiu movimentada e continuou com o mesmo panorama: o Santos fazendo pressão na área adversária e o Corinthians recuado. Com Rodrygo no lugar de Cueva, o time praiano chegou três vezes com perigo e em todas elas parou no goleiro Cássio.

Aos 25 minutos, Rodrygo aproveitou a sobra na grande área e chutou cruzado, porém mais uma vez parou na boa defesa do arqueiro corintiano. De tanto insistir, o Santos conseguiu tirar o zero do placar. Aos 41 minutos, Victor Ferraz cruzou e Gustavo Henrique apareceu como homem surpresa na área e, de cabeça, mandou a bola para o fundo das redes.

Apesar da pressão praiana, o confronto foi para os pênaltis. Na disputa, Boselli começou cobrando para o Corinthians e errou. Na sequência, Rodrygo fez e deixou o Santos na frente. Vágner Love também não desperdiçou. O jovem Kaio Jorge chutou na trave e o duelo voltou a ficar empatado. Na sequência, nenhum dos batedores errou, até chegar em Victor Ferraz que chutou na trave direita e viu o Corinthians avançar.

 


Envie seu Comentário